TEMA 04: A influência das tecnologias de informação e comunicação em nossas práticas
   Luiz  André Medeiros  │     24 de setembro de 2015   │     12:59  │  0

Tema 4

 

PROBLEMÁTICAS:

  • A tecnologia, hoje, representa informação e comunicação em tempo real. Com isso, no mundo moderno, habituamo-nos a comandos rápidos e respostas imediatas. Pautamos nossa vida no imediatismo sem questionar a real necessidade do uso da tecnologia.
  • As tecnologias da informação e comunicação também são espaços para inclusão social. Através delas, é possível, hoje, fazer um curso ou uma graduação sem sair de casa. É o ensino a distância ampliando o acesso à educação.
  • As tecnologias da informação e comunicação facilitam o controle social pelo aparelho do Estado, que tem posse de todas as suas informações pessoais. Além disso, a mídia é instrumento de controle das massas propagado através dessas tecnologias.
  • O uso desenfreado e sem cautela das redes sociais traz consequências de difícil reparação ou, por vezes, irreparáveis. É preciso cuidado e atenção ao conteúdo que irá ser postado, já que o imediatismo das tecnologias pode fazer um post tornar-se um viral em fração de segundos.
  • A inclusão digital é mecanismo para a inclusão social. Estar incluído em sociedade é a condição fundamental para o desenvolvimento de qualquer cidadão. Uma sociedade informatizada exige cidadãos informatizados. Dessa forma, a educação e inclusão digital promovem a inclusão social e a diminuição das desigualdades.

VISÃO UNIVERSALISTA:

Segundo Manuel Castells, o desaparecimento do “lugar” geográfico, por exemplo, como forma de sociabilidade não é um elemento recente, mas que nada tem a ver com o advento da internet exclusivamente, ou seja, isso se deve a outros fatores, como a questão da globalização que é um fator econômico e político. Através do advento da comunicação mediada pelo computador e sua influência na sociedade e na vida cotidiana, as pessoas estariam buscando novas formas de conectar-se, estabelecer relações e formar comunidades já que, por conta da violência e do ritmo de vida, não se conseguem encontrar espaços de interação social. Com as novas possibilidades de realizar a sociabilidade através dos artefatos tecnológicos, em especial a internet, observa-se uma modificação na maneira das pessoas interagirem, em especial os jovens. Estamos na presença de uma nova noção de espaço, em que o físico e o virtual se influenciam um ao outro, lançando as bases para emergência de novas formas de socialização, novos estilos de vida, novas formas de organização social.

INTRODUÇÃO:

Onde há sociedade, há tecnologia. Por mais remota que a ideia possa parecer, a tecnologia esteve presente entre nós desde as sociedades primitivas: a necessidade de caça, proteção e sobrevivência fez com que os Homo sapiens (e outras espécies, também) desenvolvessem mecanismos capazes de garanti-los. Hoje, mais que para garantia de sobrevivência, as tecnologias da informação e comunicação são espaços para inclusão social e difusão de ideias que devem ser utilizados com cautela.

HIPÓTESES DE SOLUÇÃO:

  • Usar as tecnologias de forma moderada e desenvolver criticamente uma compreensão e interpretação do que é exposto no espaço midiático;
  • Distinguir a necessidade de uso e o uso recreativo: explorar a recreação fora do ambiente digital é saudável;
  • Preparar os alunos para a evolução digital e garantir o acesso à informação através, também, da inclusão digital.

>Link  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *