TEMA 09: Ser consumidor é também um exercício de cidadania
   Luiz  André Medeiros  │     30 de setembro de 2015   │     7:36  │  0

 

Tema 9

PROBLEMÁTICAS:

  • O exercício da cidadania passa por várias etapas. Para ser cidadão, o indivíduo também é eleitor, é contribuinte, é consumidor. E deve completar essas etapas considerando o melhor interesse enquanto membro de uma coletividade.
  • O consumo deve ser um ato consciente. Consumir determinado produto ou serviço implica concordar com atos e práticas realizados pelo fornecedor para a construção do produto final, portanto, deve o consumidor estar sempre atento às origens e a procedência do produto.
  • O impacto do consumo não é sentido apenas nas relações econômicas, mas como parte de um sistema. As relações de trabalho, empresariais, de meio ambiente, dentre outras são igualmente afetadas no exercício do consumo.

VISÃO UNIVERSALISTA:

  • Por que não se debate consumo na TV brasileira? Haverá algum receio em relação aos anunciantes que sustentam as principais mídias (não apenas a televisão) com publicidade.
  • O consumo favorece a vida, precisamos consumir para viver. O problema, portanto, não é o consumo, é o consumismo, que alude ao excesso e ao desperdício. O desperdício de qualquer é imoral. Ostentar a abundância onde ainda haja tanta escassez é efeito colateral de uma sociedade alienada e desconectada da realidade. Em um mundo onde os recursos naturais não renováveis – fundamentais à vida – são limitados e se esgotam rapidamente, é preciso consumir com consciência.
  • Os ambientalistas foram historicamente os responsáveis pela introdução de uma nova ética em relação às gerações futuras, ao defender os direitos de quem ainda não está aqui de viver em um planeta saudável e também ter acesso aos recursos naturais que garantam sua sobrevivência.
  • Qual o projeto civilizatório da sociedade de consumo? Se for consumir à exaustão, entender como diversão a acumulação ilimitada de bens e de posses, a ostentação do supérfluo não existirá saída possível.

INTRODUÇÃO:

Ser consumidor é mais que figurar como destinatário final de um produto ou serviço, é realizar também um exercício de cidadania. O ato de consumir afeta as relações de trabalho, empresariais, de meio ambiente e muitas outras. Ao consumir, é dado por você o aval às práticas do fornecedor, portanto, deve ser um ato consciente. E, para dar esse aval, é prescindível conhecer a origem do produto ou serviço. Isso passa pela informação e conhecimento de seus direitos e deveres como consumidor e, consequentemente, como cidadão.

HIPÓTESES DE SOLUÇÃO:

  • Evitar o superendividamento dos consumidores.
  • Garantir o acesso à informação e procedência dos produtos e serviços.
  • Utilizar as tecnologias de informação e comunicação para melhoria das relações de consumo.
  • Adesão de vários setores do mercado: responsabilidade intersetorial.

>Link  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *