TEMA 14: A obesidade no Brasil
   Luiz  André Medeiros  │     5 de outubro de 2015   │     7:33  │  0

Tema 14

PROBLEMÁTICAS:

  • A rotina e a falta de tempo quase sempre são inimigas no quesito alimentação saudável. Devido a isso, o indivíduo acaba por ingerir alimentos com altos teores de gorduras, sal, açúcar e sódio, mas com poucos nutrientes necessários à saúde.
  • O sedentarismo é um dos maiores causadores da obesidade. A manutenção de hábitos saudáveis através de uma alimentação adequada e da prática diária de exercícios físicos é necessária no combate à doença.
  • A falta de informação adequada sobre os alimentos e as causas e consequências da obesidade contribuem diretamente para a doença. É preciso informar corretamente os valores nutricionais e as consequências da ingestão dos determinados tipos de alimentos no organismo.

Visão Universalista:

Obesidade é claramente um problema de saúde pública hoje em grande parte dos países desenvolvidos. Os EUA certamente encabeçam essa lista, onde a questão é vista como uma epidemia. E não é à toa. Segundo dados de 2010 da Organização Mundial da Saúde (OMS), 80.5% dos homens americanos, acima dos 15 anos, estão com sobrepeso ou obesidade – sobrepeso significa um Índice de Massa Corpórea (IMC) igual ou acima de 25 e obesidade igual ou acima de 30. Entre as mulheres com mais de 15 anos, 76.7% está acima do peso ou obeso. Se se considera apenas aqueles com IMC igual ou acima de 30, que são os efetivamente obesos, o índice entre os homens é de 44.2% e entre as mulheres, 48.3%.

O Brasil manteve o índice da população acima do peso em 2013 em relação a 2012, segundo o Ministério da Saúde. O estudo indica que 50,8% dos brasileiros estão acima do peso ideal, e destes, 17,5% são obesos. 

INTRODUÇÃO:

A obesidade, ora predominante em países desenvolvidos, hoje afeta a população em nível mundial, com destaque nos países subdesenvolvidos. No Brasil, a crescente urbanização, associada à manutenção de hábitos pouco saudáveis e a carência de informação elevam a obesidade ao patamar de questão de saúde pública.

HIPÓTESES DE SOLUÇÃO:

  • Dispor e garantir o acesso à alimentos adequados e saudáveis.
  • Promover modos de vida saudáveis;
  • Vigilância alimentar e nutricional;
  • Promover de ações de educação, informação e comunicação;
  • Regular e controlar a qualidade e inocuidade dos alimentos.

>Link  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *