TEMA 44: A questão da violência escolar no Brasil
   Luiz  André Medeiros  │     20 de outubro de 2015   │     16:10  │  0

Tema 44

PROBLEMÁTICAS:

  • A escola deve ser um local de conflito saudável de ideias entre alunos, professores e demais funcionários. Contudo, no Brasil atual, esse conflito tem saído do campo das ideias e se materializado através de atos de violência. Diariamente, são divulgados na mídia casos de violência ocorridos no ambiente escolar.
  • A violência escolar não é um fenômeno isolado, abarca todo um contexto. O comportamento no ambiente escolar reflete o que é vivido pelo indivíduo no contexto real da sociedade. Logo, a violência instaurada e banalizada nos espaços urbanos é também refletida na escola.
  • Além da reprodução da violência social, podem-se atribuir algumas causas à violência nas escolas: o bullying, a intolerância religiosa, uso de drogas, movimento de formação de gangues.
  • A escola deixou de ser um lugar protegido e os pais estão cada vez mais receosos em deixar seus filhos na escola. É preciso estabelecer regras de convivência entre alunos, professores e funcionários nas escolas, além de ajudar as crianças a desenvolver o senso ético. Coibir a violência escolar deve ser uma ação conjunta entre poder público, escola, sociedade e família.

VISÃO UNIVERSALISTA:

Nos tempos atuais, família e escola parecem perder o poder e o espaço que tiveram outrora no sentido da formação do indivíduo. As crianças começaram a entrar mais cedo na escola, fato que pode favorecê-las ou desfavorecê-las, dependendo do acompanhamento escolar e familiar realizado. Caso a criança seja bem acompanhada, esse ingresso prematuro na instituição pode ajudá-la a se desenvolver melhor em todos os aspectos: sociais, cognitivos. Porém, se a família coloca-a na escola, mas não acompanha pode gerar na criança um sentimento de descaso em relação ao seu desenvolvimento.

INTRODUÇÃO:

A violência é hoje uma questão pontual no Brasil. Verifica-se uma crescente reprodução da violência do espaço urbano dentro do ambiente escolar. A escola, que deveria ser espaço de conflito saudável de ideias, deixou de ser um lugar protegido, e essa violência se dá, além da reprodução da violência urbana, por fatores como intolerância, bullying, uso de drogas, dentre outros. É preciso coibir a violência escolar através de ação conjunta entre poder público, escola, sociedade e família.

HIPÓTESES DE SOLUÇÃO:

  • Criar políticas públicas de prevenção à violência na sociedade e nas escolas, nesta diagnosticando problemas e trabalhando na formação específica dos professores, diretores e funcionários para lidar com os alunos.
  • Incluir a sociedade e as famílias no processo de educação das crianças e adolescentes, esta para ajudar as crianças no desenvolvimento do senso ético e aquela no desenvolvimento de ações de conscientização para a prevenção da violência.

>Link  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *