ANÁLISE DA REDAÇÃO – UNCISAL
   Luiz  André Medeiros  │     28 de novembro de 2015   │     18:01  │  0

TEMA: Dengue: riscos de uma epidemia e as ações do homem no meio ambiente

Dengue1

 Veja as análises no texto abaixo (clique na imagem para ver em melhor resolução):

Redação

9.4.1 A Prova de Redação, com limite mínimo de 20 (vinte) e limite máximo de 30 (trinta) linhas considerando letra de tamanho regular, será avaliada a partir dos seguintes critérios:

  • Estrutura e organização gráfica – Colocação de parágrafos e de margens, sequência lógica, estrutura do parágrafo: 0 a 3 pontos. NOTA OBTIDA: 2,6

          O parágrafo é organizado em torno de uma ideia-núcleo, que é desenvolvida por ideias secundárias. O parágrafo pode ser formado por dois ou mais períodos, sendo seu tamanho PROPORCIONAL. No texto dissertativo-argumentativo, os parágrafos devem estar todos relacionados com a tese ou ideia principal  do texto, apresentada na introdução.

          Quanto à estrutura do texto analisado, percebe-se que o 1º parágrafo cumpre as exigências da estrutura introdutória, bem como o último que encerra a produção.

É válido observar e prestar muita atenção em relação aos períodos que compõem os parágrafos. A partir do 2º, visivelmente, o aluno apresenta períodos maiores, obviamente com maior progressão que os demais.

A estrutura do parágrafo é essencial para a pontuação nesse critério avaliativo.

  • Conteúdo – Tratamento do tema de forma pessoal: 0 a 4. NOTA OBTIDA: 3,0

          No parágrafo de introdução, formula-se uma tese – ponto de vista central. É com base nisso que desenvolvemos as ideias seguintes. Basicamente, os parágrafos de desenvolvimento têm por propósito confirmar, por meio de uma argumentação contundente, o posicionamento lançado no início do seu texto.

          O ideal é termos dois ou três parágrafos de desenvolvimento. Cada um deve conter um argumento, uma ideia-núcleo. A partir de um tópico frasal (frase-síntese), devemos conduzir o discurso de uma maneira objetiva, clara e convincente.

          A escolha dos argumentos demonstrou que o aluno possui bom conhecimento, pautado em leitura. No início do texto, já nos deparamos com uma visão filosófica seguida da apresentação do tema. Isso é muito positivo para avaliação do texto, principalmente nesse critério de avaliação.

          Segundo parágrafo, ele lança uma análise histórica que remete aos princípios da urbanização com o intuito de uma progressão mais profunda no tema.

 “SE LIGA”!

          A escolha em relação à quantidade de parágrafos deve ser feita de acordo com a sua aptidão em relação ao tema.  Se tivermos apenas duas ideias fortes que sustentem a tese, não há a menor necessidade de fazer um terceiro parágrafo de desenvolvimento. A decisão pelo terceiro parágrafo de desenvolvimento é particular. Tudo vai depender de sua segurança para escrevê-lo. Lembrem-se de que um argumento superficial ou redundante prejudica a evolução do texto, assim como PREJUDICA A AVALIAÇÃO NESSE CRITÉRIO.

ATENÇÃO!!!! Quanto ao desenvolvimento do texto:

          Tem algo muito importante nessa parte: PROGRESSÃO DAS IDEIAS, muitas vezes, os alunos apresentam falhas diversas ao não serem específicos ou claros no momento de defender a tese.

          A redação avaliada não peca nesse sentido. PORÉM, apresenta trechos, linhas 7 e 8, 11 e 12, 17 e 18 com pouca progressão. Fera, você precisa estar atento às possíveis falhas no desenvolvimento.

  • Expressão (correção da linguagem) – Norma culta gramatical vigente no país. Ortografia, acentuação, concordância, pontuação e regência: 0 a 3. NOTA OBTIDA: 1,7

          A dissertação-argumentativa não deve conter traços de oralidade e/ou informalidade e deve ter precisão vocabular e obedecer às regras de concordância verbal e nominal, regência verbal e nominal, pontuação, flexão de nomes e verbos, colocação de pronomes oblíquos (átonos e tônicos), grafia das palavras (acentuação e emprego de letras maiúsculas e minúsculas) e divisão silábica na mudança de linhas.

          Quanto mais o candidato dominar a norma culta da língua, mais chances ele possui de atingir, neste critério, a nota máxima.

          Percebemos vários desvios: linha 14: sem crase; linha 15: sem crase; linha 16: ausência de vírgula e falha de concordância nominal – “Portanto, para evitar o alto índice de enfermos, é necessária uma reorganização…”; linha 19, presença de crase; linha 25, sem crase.

O ALUNO TIROU:  7,3 X 2 = 14

>Link  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *