Saber em Debate e as Vírgulas!
   Luiz  André Medeiros  │     25 de janeiro de 2016   │     19:28  │  0

Yago

          O Saber em Debate apresenta hoje uma das inúmeras situações do uso adequado da vírgula em suas composições textuais. Sabe-se que um texto pontuado de forma incorreta gera diversos problemas, inclusive de compreensão. Por isso, trazemos para vocês a vírgula usada para SEPARAR ELEMENTOS.

Observem os exemplos:

a) Maria, José, Pedro e Antônio são irmãos. (Maria, José, Pedro e Antônio formam um sujeito composto de 4 núcleos e as vírgulas separam cada núcleo)

B) No bolo eu utilizei farinha de trigo, açúcar refinado, ovos frescos e fermento em pó. (Agora temos farinha de trigo, açúcar refinado, ovos frescos e fermento em pó funcionando como objetos diretos do verbo utilizar)

C) Os alunos entraram na sala, ocuparam seus lugares, abriram os livros e começaram a leitura.

(Aqui os elementos são mais complexos: cada uma das orações é um item, separado do seguinte por meio da vírgula, lembrando que cada verbo com sentido próprio é o ponto central de uma oração. Assim, se há 4 verbos, consequentemente há na frase 4 orações.)

D) “Meninos, eu vi!” (verso de I-Juca Pirama, de Gonçalves Dias) (Meninos funciona como vocativo – não é sujeito, o sujeito é o pronome ‘eu’! – e tal termo sempre fica isolado dentro dos enunciados)

E) Na semana passada, a empresa anunciou novas contratações. (Na semana passada funciona como circunstância de tempo, exercendo a função de adjunto adverbial de tempo e seu lugar, na ordem direta, é no final da frase)

F) Eu gosto de Chico Buarque e meu irmão, de Caetano. (meu irmão gosta de Caetano – não precisamos repetir o verbo, mas precisamos marcar a elipse com a vírgula: ela fica no lugar do verbo)

          Os elementos de uma sequência, os quais ficarão separados por vírgulas, podem ser simples vocábulos (exemplo a), sintagmas nominais (estruturas com mais de uma palavra, que apresentam um significado, mas não têm verbo – o núcleo é um substantivo) (exemplo b) ou orações (exemplo c).

>Link  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *