Possíveis Temáticas – ENEM 2017
   Luiz  André Medeiros  │     23 de outubro de 2017   │     12:56  │  0

O Projeto Saber em Debate retorna mais uma vez com um incrível conteúdo de revisão para os acompanhantes do BLOG DE REDAÇÃO MAIS COMPLETO DO BRASIL! Confira, nessa e nas postagens aos longo da semana, uma série de temáticas com grande chances de estarem presentes no Exame Nacional do Ensino Médio! Confira hoje a primeira das temáticas:

TESE PRINCIPAL

Mais de 640 milhões de pessoas no mundo têm no momento o peso de obesas, e o planeta tem mais pessoas acima do que abaixo do peso, de acordo com uma análise das tendências globais do índice de massa corporal (IMC). Um aumento alarmante nas taxas de obesidade nos últimos 40 anos significa que o número de pessoas com IMC maior que 30 aumentou de 105 milhões em 1975 para 641 milhões em 2014 – mais do que um em dez homens e uma em sete mulheres são obesos.

Visões Universalistas

Argumento Atual

Se até meados do século passado 50% das mortes eram provocadas por doenças infecciosas, hoje elas causam apenas 5% dos óbitos. Já as doenças crônicas — causadas principalmente pelo estilo de vida inadequado — foram responsáveis… (conteúdo completo disponível em nosso curso presencial)

Entendimento do Saber em Debate – A obesidade é considerada a doença epidêmica do século 21 para a Organização Mundial da Saúde. No Brasil, metade dos adultos são obesos, número similar ao encontrado nos países ricos. Por isto, foi criado o Dia Internacional de Combate à Obesidade, celebrado em 11 de outubro, para conscientizar a população dos malefícios causados à saúde pelo excesso de peso. A educação é o primeiro passo.

 

Argumento Histórico

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), nos últimos anos houve um aumento global do consumo de alimentos altamente calóricos e ricos em gordura, sal e açúcar, mas pobres em vitaminas, minerais e outros micronutrientes. Ao mesmo tempo, ocorreu uma queda na atividade física por causa do aumento de atividades laborais de natureza sedentária, mudança nos meios de transporte e aumento da urbanização.

Entendimento do Saber em Debate – Situação Brasileira

  • Um quinto da população brasileira adulta, ou quase 30 milhões de pessoas, é obesa.
  • O número é maior entre as mulheres: 23% delas, ou 18 milhões, eram obesas em 2014. Entre os homens, o índice é de 17% (11,9 milhões).
  • Os números colocam o Brasil entre os países mais obesos do mundo. Entre os homens, só fica atrás de China e EUA; entre as mulheres o Brasil fica em 5º, atrás também de Rússia e Índia.
  • No ranking masculino, o Brasil está à frente da Índia, que tem população maior que a do Brasil.
  • Em 1975, o Brasil estava em 10º no ranking de homens obesos e 9º no de mulheres.

 

Teses para o Desenvolvimento

1ª Tese – proteger as crianças antes que elas desenvolvam dependências ao consumo abusivo de comida.

Exigir uma abordagem muito menos tolerante frente a quem lucra com a dependência: uma indústria global de alimentos cada vez mais poderosa, concentrada e voraz.

Interpretando a Tese… (conteúdo completo disponível em nosso curso presencial)

2ª Tese – Entre elas, restrições à propaganda e marketing para produtos nocivos.

As restrições deverão ser tão severas quanto as que limitam a indústria do fumo. Comidas ultraprocessadas e refrigerante, por exemplo, só deveriam ser vendidos em locais pouco acessíveis dos supermercados, e em embalagens repletas de advertências.

Interpretando a Tese… (conteúdo completo disponível em nosso curso presencial)

Solução

Medidas mundiais coordenadas são necessárias, incluindo em relação a preços de alimentos saudáveis versus alimentos não saudáveis, e impostos para alto teor de açúcar e comidas muito processadas. Falta estímulo à alimentação saudável nas escolas.

 

Detalhamentos

  • Colocar advertências de saúde nas latas de refrigerantes, dar o mesmo tempo de publicidade ao marketing de frutas e legumes e acordos voluntários para reduzir o conteúdo de açúcar –… (conteúdo completo disponível em nosso curso presencial)

>Link  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *