Repertório Coesivo – Saber em Debate
   Luiz  André Medeiros  │     29 de novembro de 2018   │     14:16  │  0

REPERTÓRIO COESIVO

A definição de repertório coesivo é compreendida como uma série de recursos coesivos possíveis de serem mobilizados em um texto, considerando-se, especificamente no caso do Enem, a produção textual de tipo dissertativo-argumentativo. Desse modo, para analisar o repertório coesivo da redação, o corretor deve direcionar seu olhar para a qualidade do emprego de elementos linguísticos responsáveis pela coesão, ao verificar se eles estão colaborando para a articulação da argumentação do texto.  O valor do emprego do repertório coesivo em um texto dissertativo-argumentativo é verificado, primeiramente, pela presença concreta de elementos coesivos dentro e entre os parágrafos; em um segundo momento, se tais elementos se repetem ou não; e, em seguida, se estão mobilizados de maneira adequada ou não. Esses aspectos abrangem as inadequações, a observação da coesão intra e interparágrafos e as repetições, conforme é considerado a seguir.

INADEQUAÇÃO COESIVA

Um termo que aparece na Matriz de Referência para Redação do Enem é inadequação, cujo conceito diz respeito a utilização incorreta do elemento coesivo que, embora esteja presente no texto, não consegue construir as diversas relações de conexão típicas esperadas em um texto dissertativo-argumentativo (relações concessivas, adversativa, aditiva etc.). Dessa forma, ao verificar a adequação ou inadequação de determinado elemento coesivo em uma redação, os avaliadores devem analisar se ele contribui para o encadeamento dos enunciados de forma a estruturar uma orientação argumentativa com relações de sentido pertinentes àquilo que o aluno se propõe a justificar, a defender, a expor etc.

>Link  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *